teorias críticas da relação entre democracia e neoliberalismo

“Até que a dívida nos separe”

Este programa foi originalmente concebido pela Professora Dra. Wendy Brown e oferecido na Universidade da Califórnia (University of California, Berkeley) em 2016. Ele ajudou a autora a elaborar seus dois últimos livros “Undoing the Demos: Neoliberalism’s Stealth Revolution” e “Nas ruínas do neoliberalismo”.

A versão traduzida traz algumas modificações em relação ao original: as datas das aulas foram retiradas, os requisitos exigidos dos alunos foram suprimidos, assim como textos com tradução para o português foram indicados com o título disponível no Brasil. Os textos que não estão em português, mas estão disponíveis na Internet, estão acompanhados dos respectivos links de acesso.

O programa foi traduzido e adaptado por Daniela Costanzo e revisado por Bruna Della Torre.

Teorias Críticas da relação entre Democracia e Neoliberalismo

Esse curso explora narrativas teóricas da relação entre democracia e neoliberalismo, principalmente ao focar na questão do poder politico e da razão política. Nem a democracia e nem o neoliberalismo serão tratados com significados fixos, unificados ou estáveis. No entanto, a primeira será presumida como aquela que tem modesta autodeterminação política coletiva e o último como algo que envolve um conjunto de políticas políticas, práticas econômicas e uma ordem normativa da razão.

Nossas questões vão incluir: Como o neoliberalismo desafia inadvertidamente ou diretamente as presunções ou aspirações democráticas? Através de quais tipos de normas, princípios, programas ou poderes esse desafio transparece? Como a racionalidade neoliberal difere do problema da racionalidade tecnológica identificada por Weber e Marcuse antes das ordens neoliberais ou financeirizadas? Como a relação entre neoliberalismo e democracia difere da ou se relaciona com a relação entre financeirização e democracia? Quais são, se houver, as perspectivas de controle politico democrático das ordens econômicas contemporâneas e, especialmente, do papel dos mercados financeiros?

Nós vamos ler os pensadores neoliberalis clássicos (Escola de Chicago, Escola de Viena e Escola de Freiburg), genealogias do neoliberalismo e financeirização e teorias críticas contemporâneas sobre o nosso problema. A região EuroAtlântica é a principal referência na maioria dos nossos textos; no entanto, os estudantes estão convidados a trazer reflexões sobre outras partes do mundo para o curso. A crise da democracia europeia e da União Europeia receberá bastante atenção simplesmente porque é o foco de vários teóricos que estamos estudando.

Livros indicados
Michel Foucault. 2020. Nascimento da Biopolítica. Martins Fontes.
Greta Krippner. 2011. Capitalizing on Crisis: The Political Origins of Finance. Harvard UP.
Gerald Davis. 2009. Managed by the Markets: How Finance Reshaped America. Oxford UP.
Claus Offe. 2015. Europe Entrapped. Wiley.
Wolfgang Streeck. 2018. Tempo Comprado. Boitempo Editorial.
Timothy Kuhner. 2014. Capitalism v. Democracy. Stanford UP.
Alain Badiou e Marcel Gauchet. 2016. What is to be Done: A Dialogue on Communism, Capitalism and the Future of Democracy. Polity.

Leituras complementares recomendadas
Mirowski e Plehwe (eds). 2009. The Road from Mont Pelerin. Harvard UP. – Parte 1.
David Harvey. 2008. O Neoliberalismo – História e implicações. Loyola. Capítulo 3.
Pierre Dardot e Christian Laval. 2016. A nova razão do mundo. Boitempo Editorial. – Capítulos 1 a 3. Brennetot, A. 2015. “The Geographical and Ethical Origins of Neoliberalism:  The Walter Lippmann           Colloquium and the Foundations of a New Geopolitical Order”.

Agenda das aulas e leitura

1. Introdução, sem leituras

2. Neoliberalismo austríaco e de Chicago
Milton Friedman. 2014. Capitalismo e Liberdade. LTC. (pp. 1-36 da versão em inglês).
Friedrich Hayek. 1983. Os fundamentos da Liberdade. Editora UNB. (capítulos 1-2, 9-10, 14-15).
Friedrich Hayek. 1983. O caminho da servidão. LVM Editora. (capítulo 5).
Michel Foucault. 2020. Nascimento da Biopolítica. Martins Fontes. (capítulos 5 e 6)

3. Ordoliberalismo
E. Röpke, “Basic Questions of Reform” in The Social Crisis of Our Time, p. 176-194.
E. Röpke, “Introduction” in The Moral Foundations of Civil Society, pp. 1-34.
T. Biebricher, from Critical Exchange on Neoliberalism, Contemporary Political Theory 12.4 (2013)
T. Biebricher, “Neoliberalism and Democracy” Constellations 22.2 (May 2015)
Foucault, Nascimento da Biopolítica, Capítulos 7-8

4. Foucault e a racionalidade política do neoliberalismo
Foucault, Nascimento da Biopolítica, Capítulos 9-10
W. Walters, Governmentality, Chapters 1-2
M. Dean, Critical and Effective Histories, Capítulos 8-9

5. A produção política da financeirização
G. Krippner, Capitalizing on Crisis:  The Political Origins of the Rise of Finance
G. Davis, Managed by the Markets:  How Finance Re-Shaped America

6. A crise da democracia na União Europeia, tomada 1
W. Streeck. Tempo comprado
C. Crouch, The Strange Non-Death of Neoliberalism, Capítulos 1-3

7. A crise da democracia na União Europeia, tomada 2
C. Offe, Europe Entrapped
J. Habermas, The Lure of Technocracy, Chapters 1, 2, 4, 6, 7
W. Streeck, “Review of Habermas” and “Small State Nostalgia”

8. A crise da democracia na União Europeia, tomada 3
Near Futures Online, Section on “Perennial Austerity”   http://nearfuturesonline.org/

9. A crise da democracia na União Europeia, tomada 4
E. Balibar,  “Open Democracy” pieces:  May 2011, May 2013, July 2015
E. Balibar, Capítulo 9 de We the People of Europe?
E. Balibar, “Politics of the Debt

10. Neoliberalismo norte-americano: o problema político da lei, das finanças e das eleições
S. Wolin, Democracy, Incorporated, Capítulos 8,9,11,13
T. Kuhner, Capitalism v. Democracy, Capítulos 1,2,5,6

11. O futuro da democracia em debate
A. Badiou and Marcel Gauchet, What Is To Be Done?  A Dialogue on Communism, Capitalism and the Future of Democracy
J. Ranciere, Interview from The Method of Equality

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s