guerra: gênero, família e mulher

Este programa foi originalmente concebido pela Professora Dra. Wendy Z. Goldman para o curso de graduação do Departamento de História da Universidade Carnegie Mellon do estado da Pensilvânia nos Estados Unidos, oferecido em 2012.
A versão traduzida traz algumas modificações em relação ao original: as datas das aulas foram retiradas, os trabalhos solicitados aos alunos nas aulas foram suprimidos, assim como textos com tradução para o português foram indicados com o título disponível no Brasil. Os textos que não estão em português, mas estão disponíveis na Internet, estão acompanhados dos respectivos links de acesso.
O programa foi traduzido e adaptado por Daniela Costanzo.


Guerra: Gênero, Família e Mulher

Wendy Z. Goldman

Esse curso foca na crueldade da guerra e como ela afeta as relações de gênero, as concepções sociais de masculinidade e feminilidade e as experiências de mulheres e famílias. A guerra divide radicalmente a sociedade por gênero por meio da mobilização social de homens para o serviço militar. Nesse sentido, intensifica papéis e polaridades de gênero. Ao mesmo tempo, coloca mulheres em ocupações e posições antes preenchidas por homens e abre novas oportunidades para as mulheres na economia, dentro de casa e até mesmo no exército. Isso inverte relações tradicionais de poder e cria novas hierarquias em casa e no front, bem como deixa mulheres e crianças à mercê de exércitos invasores, altera os padrões de criação dos filhos e divide as famílias. Estupros em massa, deslocamentos, falta de moradia e movimentos de refugiados acompanham a guerra desde tempos imemoriais. Certas práticas de guerra são vistas como universais, persistindo de uma guerra a outra, enquanto outras são históricas e consoantes apenas com condições específicas. A guerra fornece uma lente ampliada para observar o gênero, na medida em que corrói e intensifica as concepções de gênero e as práticas sociais de tempos de paz

Neste curso, nós vamos examinar 300 anos de guerra nos Estados Unidos, Europa e Rússia, começando no século XVIII e terminando no XX. Nós vamos nos concentrar em guerras específicas, com o fito de entender como a guerra muda gênero e relações familiares e como isso afeta as experiências das mulheres. Nós vamos explorar as diferenças entre as experiências de mulheres e homens no front, na retaguarda, em ocupações e como vítimas do genocídio e do terror.

1. Introdução

2. Ann M. Little

Little, Ann. Abraham in Arms.  War and Gender in Colonial New England. University of Pennsylvania Press, 2007.

3. Judith Giesberg

Giersberg, Judith. Army at Home: Women and the Civil War on the Northern Home Front. University of North Carolina Press, 2009.

4. Jessica Meyer

Meyer, Jessica. Men of War: Masculinity and the First World War in Britain. Palgrave Macmillan, 2009

5. Belinda Joy Davis

Davis, Belinda Joy. Home Fires Burning: Food, Politics, and Everyday Life in World War I Berlin. University of North Carolina Press, 2000

6. Karen Hageman e Stefanie Schuler-Sprigorum

Hageman, Karen; Schuler-Sprigorum, Stefanie (eds.). Home/ Front.  The Military, War, and Gender in Twentieth Century Germany. Berg Publishers, 2002

7. Anna Krylova

Krylova, Anna. Soviet Women in Combat: A History of Violence on the Eastern Front. Cambridge University Press, 2010.

8. Cynthia Simmons e Nina Perlina

Simmons, Cynthia; Perlina, Nina (eds). Writing The Siege Of Leningrad: Women’s Diaries, Memoirs, and Documentary Prose. University of Pittsburgh, 2005.

9. Caroline Moorehead

Moorehead, Caroline. Um trem no inverno: uma História Extraordinária de Mulheres, Amizade e sobrevivência na Segunda Guerra Mundial. Paz & Terra, 2012.

10. Uma mulher em Berlim (anônima)

(Anônima). Uma mulher em Berlim. Editora Record, 2003.

11.  Norman Naimark e Atina Grossmann

(trechos de) Naimark, Norman. The Russians in Germany: a History of the Soviet Zone of Occupation. Harvard University Press, 1997

Grossmann, Atina. “A Question of Silence: The Rape of German Women by Occupation Soldiers“. October, 72 (Spring 1995), pp. 42-63.

12. Nicola Henry

Henry, Nicola. War and Rape: Law, Memory and Justice. Routledge, 2011.

13. Joshua Goldstein

Goldstein, Joshua. War and Gender: How Gender Shapes the War System and Vice Versa. Cambridge University Press, 2001.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s